OpenG

Cobertura LTE com a simplicidade do WiFi

O desafio de oferecer alta qualidade na cobertura e capacidade da rede de telefonia celular no interior de edifícios é de longadata. Alternativas atuais, como DAS, são dispendiosas e complexas, uma vez que pequenas células tradicionais não conseguem oferecer o suporte multioperador exigido.

A tecnologia OpenG da Ruckus resolve isso, combinando os recursos de espectro compartilhado com base em LTE na banda CBRS com pequenas células habilitadas para host neutro. O OpenG permitirá que os clientes implementem cobertura e capacidade da rede de telefonia celular no interior e exterior de edifícios de forma econômica com a simplicidade do WiFi. Isso pode ser alcançado utilizando pequenas células de 3,5 GHz independentes da Ruckus ou com unidades de conexão que se conectam aos pontos de acesso WiFi atuais da Ruckus.

Se você for um provedor de serviços ou uma empresa procurando estar preparado para desfrutar desta nova "banda de inovação", estamos aqui para ajudar você a chegar lá.

O desafio de oferecer alta qualidade na cobertura e capacidade da rede de telefonia celular no interior de edifícios é evidente com a existência predominante de "pontos sem cobertura" em edifícios e campi. Geralmente, a existência desses pontos sem cobertura ocorre porque novos materiais de construção bloqueiam o sinal, o alcance macro para andares altos não é confiável, o sombreamento do nível da rua diminui a conectividade e o espectro de baixa frequência atinge seu limite de capacidade. Isso resulta em desempenho celular insatisfatório e interrupção do serviço para qualquer pessoa que usa um telefone celular no edifício.

Nos Estados Unidos, a tecnologia OpenG é baseada na estipulação do U.S. Federal Communications Commission (FCC) para a adoção de banda de 3,5 GHz pelo Citizen's Broadband Radio Service (CBRS). Isso obterá até 150 MHz do espectro muito necessário (3550–3700 MHz) para uso comercial nos EUA. A tecnologia OpenG combina a opção de melhorar os recursos de espectro compartilhado, como 3,5 GHz nos EUA, com pequenas células habilitadas para host neutro a fim de permitir que os proprietários de edifícios de todos os tamanhos implantem uma cobertura celular econômica dentro dos edifícios para todas as necessidades dos clientes e funcionários. A visão da Ruckus oferece uma alternativa de rede móvel neutra significativamente mais barata e fácil de implantar do que os sistemas de antena distribuída (DAS) e de pequenas células tradicionais.

O OpenG é uma oportunidade global; não é só para os EUA. No mundo todo, também é esperado que órgãos regulatórios adotem regras similares para espectro do tipo CBRS que capacitarão consumidores em seus respectivos países. Eles podem utilizar o espectro de 3,5 gHZ, ou outras bandas de espectro disponíveis.

OpenG

O que significa:

O OpenG é uma inovação tecnológica da Ruckus que melhora a cobertura e a capacidade da rede celular no interior de edifícios, onde a conexão através da cobertura por redes macro convencionais é um desafio. Ele combina novos recursos de espectro compartilhado coordenado (CSS) com tecnologias de pequenas células (small cells) para trazer conectividade celular licenciada para os espaços internos. Nos Estados Unidos, as soluções OpenG usam o espectro de 3,5 GHz de acordo com as regras do Citizens Broadcast Radio Service (CBRS) definidas pela Federal Communications Commission. A Ruckus é participante ativa de um grupo de líderes do setor de tecnologia sem fio, trabalhando para desenvolver, comercializar e promover soluções que utilizam o CBRS. (Leia o comunicado aqui.)

Por que isso é importante:

Tradicionalmente, o serviço de rede móvel celular tem duas possibilidades: os usuários se conectam a redes móveis de celular do tipo macro em ambientes externos e utilizam o WiFi em ambientes internos, onde os sinais de celular são mais fracos. Se você já esteve no meio de uma ligação e entrou em um edifício ou em um estacionamento, sabe por que isso é um grande problema. Em muitos edifícios, especialmente em novas construções, os serviços de celular que operam pelo espectro de rádio licenciado simplesmente não conseguem penetrar em todos os lugares em que os usuários precisam. Especialmente nas áreas mais profundas dos edifícios, você acaba enfrentando "zonas mortas" de cobertura celular, quedas de chamadas e usuários frustrados.

Com o surgimento da convergência de LTE-WiFi e do CSS, tudo está mudando. Soluções como o OpenG da Ruckus permitem que provedores de serviços e empresas implantem soluções de pequenas células (small cells) de "host neutro" no interior de edifícios, a fim de estender a conectividade celular para lugares que ela não alcançaria antes. O resultado: melhor cobertura em ambientes internos, usuários mais satisfeitos e novas oportunidades de negócios para serviços gerenciados sem fio.