Com o Release 2 do Hotspot 2.0, a Ruckus Wireless Redefine o Acesso Público a Wi-Fi com Segurança e sem Interrupções

Os primeiros produtos disponíveis comercialmente com apoio do Release 2 do Hotspot 2.0 ajudam os operadores e empresas a simplificar, tornar mais segura e transformar a experiência da conexão de Wi-Fi

LONDRES (CONGRESSO GLOBAL WBA WI-FI) – 18 de maio de 2015 – Ruckus Wireless, Inc. (NYSE: RKUS) divulgou hoje durante o Congresso Global de Wi-Fi da Wireless Broadband Alliance (WBA) que ocorre aqui o lançamento dos primeiros produtos disponíveis comercialmente do setor a serem certificados pela Wi-Fi Alliance (WFA) Passpoint™ para o Hotspot 2.0, Release 2, que transforma de forma eficaz a maneira pela qual as organizações oferecem e os usuários conectam-se com segurança a novos serviços de rede pública de wifi.

Com o respaldo do Release 2 do Hotspot 2.0, os produtos Ruckus Smart WiFi agora oferecem uma estrutura padronizada para a maneira pela qual as credenciais de usuários são criadas, configuradas e administradas aos dispositivos de clientes de forma segura —com otimização e segurança dos aprovisionamentos do cliente, ao oferecer a primeira solução de registro online e provisionamento de servidor LAN sem fio (WLAN) online com o Hotspot 2.0, Release 2 integrado.

Apesar de o setor ter desenvolvido métodos exclusivos para carregar as credenciais em dispositivos com capacidade de Wi-Fi, esses às vezes são disponíveis com custos e complexidades adicionais, sem oferecer criptografia de airlink. O Hotspot 2.0, Release 2 transforma drasticamente essa situação com a criptografia WPA2 e ao mesmo tempo oferece uma maneira para os usuários saberem que estão se conectando a uma entidade de confiança.

Os operadores e as empresas têm a capacidade de oferecer aos usuários a capacidade de se registrar com facilidade para se conectarem a serviços de wifi de forma simples e segura, usando um método com base em padrões para carregar credenciais automaticamente e parâmetros de configuração móvel em dispositivos de wifi e, ao mesmo tempo, capacitar a criptografia vital de airlink. Apesar da popularidade do wifi, as conexões a redes públicas ou hotspots ainda podem ser frustantes, e sujeitas a preocupações referentes à segurança devido à falta de criptografia e a falta de capacidade do dispositivo do cliente de validar a rede pública ou o hotspot.

"Vários fortes fatores de crescimento alimentam a rápida aceleração do mercado de wifi e o Hotspot 2.0 é sem sombra de dúvidas um deles," disse Richard Webb, diretor de pesquisas para o retorno móvel e pequenas células na Infonetics Research, agora parte da IHS. "Ao simplificar e garantir a experiência de conexão do cliente e, ao mesmo tempo, oferecer roaming ininterrupto entre diferentes redes de wifi, temos a expectativa de que o Hotspot 2.0 tenha um impacto profundamente positivo que dará início a uma nova etapa de implementações de wifi."

Segundo o seu relatório semestral de equipamentos de operadoras de Wi-Fi, no segundo semestre de 2014, a Infonetics (agora parte da IHS) identificou a Ruckus Wireless como a líder global de participação de mercado Wi-Fi para operadoras em receita, que também foi o caso no primeiro semestre de 2014, tornando a Ruckus o líder geral, em receita, para todo 2014 com uma quota de 21 por cento do mercado. A previsão da Infonetics/IHS é que este mercado alcance mais de US$2,6 bilhões até 2019.

Transformando o acesso público a wifi e os serviços móveis

A incrível demanda por dados sem fio tomam as rédeas de maior uso de redes públicas de wifi, criando novos desafios para melhorar a segurança e a mobilidade integral entre diferentes redes de wifi. Criado para tratar desses desafios, o Hotspot 2.0 froi criado para automatizar com eficácia o processo do usuário de se conectar, autenticar e fazer roaming entre diversas redes de wifi.

O Hotspot 2.0, Release 2 apresenta novas capacidades que padronizam o aprovisionamento e a gestão do ciclo de vida do usuário, de forma que a maneira pela qual eles são aprovisionados com segurança, permanecem válidos e são usados na seleção de redes e no cumprimento das políticas de segurança. O Release 2 também oferece remediação flexível e automática de dispositivos de clientes que possibilitam a gestão contínua das assinaturas dos usuários de de quaisquer mudanças que possam ser necessárias às políticas. Até o momento não havia uma metodologia padrão para desempenhar essas funções, e nenhum formato padrão para administrar as as credenciais do Hotspot 2.0 nos dispositivos dos clientes.

A especificação do Release 2 do Hotspot 2.0 oferece um nível mais elevado de segurança de Wi-Fi para acesso público e autenticação mais forte junto com a capacidade dos operadores de Wi-Fi de otimizar a experiência do usuário no Wi-Fi através de maior controle da política de serviços, que pode ser repassado automaticamente aos dispositivos dos clientes. Além disso, depois de se associar a uma rede de Wi-Fi os usuários ficam protegidos contra escutas não autorizadas e falsificações através de frames WPA2 de gestão protegidas credenciada por WFA Passport (802 11w), e criptografia do airlink do tráfico do usuário. Isso também abrange o processo de carregamento que agora pode ocorrer em uma rede de 802 1X usando EAP anônimo, eliminando assim a necessidade de uma WLAN aberta para o aprovisionamento.

Com o Release 2,pela primeira vez a rede de wifi pode divulgar ter apoio a um registro online (OSU), um mecanismo baseado em padrões que deixa os usuários se registrarem para uma credencial que é transferida automaticamente para o seu dispositivo. Uma nova Infraestrutura de Chave Pública (PKI, ou Public Key Infrastructure) também está em vias de implementação pela Wi-Fi Alliance para assegurar que os clientes somente se registrem para credenciais se houver validação pelo servidor de OSU. Estas mesmas verificações são usadas para a atualização da política e também para as funções de remediação do Release 2.

Ruckus Hotspot 2.0, Release 2 – Pronto para Brilhar

Para obter o credenciamento de WFA Passport para o Hotspot 2.0, Release 2, diversos pontos de acesso Ruckus ZoneFlex™ interno e externo (APs), inclusive o ZoneFlex 7372, o ZoneFlex T300 Series, e o ZoneFlex R700, assim como o Ruckus SmartCell™ Gateway (SCG) 200, demonstraram capacidade de operação com outros equipamentos certificados pelo Passport.

De forma diferente das soluções da concorrência que exigem que os clientes adquiram diversos produtos, a Ruckus agora integra em uma única solução de software um controlador de WLAN assim como um servidor de aprovisionamento e registro online para proporcionar todos os serviços essenciais para respaldar o Release 2 do Hotspot 2.0.

Além disso o sistema online de registro oferece a capacidade da próxima geração de 'Bring-Your-Own- Device' (BYOD, ou traga o seu próprio dispositivo), com a capacidade exclusiva de usar registros de mídia social, inclusive Facebook, LinkedIn e Google, com protocolos do Hotspot 2.0 Release 2, assim como respaldo para métodos de autenticação de categoria empresa usando LDAP, Active Director e servidores AAA Assim, as credenciais de empresas ou registros sociais podem ser aprovisionados automaticamente ao dispositivo de modo que os usuários não tenham que se registrar continuamente ao se conectar a redes com capacidade de Hotspot 2.0, Release 2. Com este respaldo, a Ruckus tem a capacidade de oferecer uma única solução que apoia dispositivos legado (Hotspot 2.0, Release 1) assim como os emergentes (Release 2) na mesma rede.

Hotspot 2.0 - Não somente para provedores de serviço

Várias empresas permitem que os seus funcionários utilizem seus próprios dispositivos em vez de um aparelho oferecido pela empresa, para acessar a rede e os serviços de rede. Porém, fazer com que essa miríade de dispositivos e usuários se conecte com segurança e sejam autenticados na rede representa muitos desafios dentro de organizações.

Identificou-se a falta de segurança dos hotspots de Wi-Fi atuais como um risco aos dados empresarias quando os funcionários se conectam a hotspots de Wi-Fi, ou a hotspots fraudulentos criados para coletar as informações a respeito dos usuários.

As especificações do Hotspot 2.0, Release 2 tratam dessa preocupação ao fazer cumprir princípios de autenticação mais exigentes, e possibilitando o respaldo de credenciais digitais - um cartão de SIM de dispositivos móveis, nomes de usuário convencional ou senha, ou um certificado completo X.509 que deve ser validado para que o acesso seja concedido.

"O Hotspot 2.0 de fato democratiza o acesso público a wifi em escala global, transformando de maneira fundamental como os serviços de wifi serão usados e oferecidos no futuro," disse Dan Rabinovitsj, Diretor Operacional da Ruckus Wireless. "Liderar esta nova revolução em serviços de wifi é algo que a Ruckus continua extremamente comprometida."

Relações com a Mídia

SOBRE A RUCKUS WIRELESS

A Ruckus Wireless, Inc. (NYSE: RKUS) sediada em Sunnyvale, Califórnia, é uma fornecedora mundial de sistemas sem fio de última geração para o mercado em rápida expansão da infraestrutura de internet móvel. A empresa fornece uma grande variedade de produtos de “Smart Wi-Fi” para uso interno e externo para operadoras móveis, provedores de serviços de banda larga, e corporações, contando com ao redor de 52.000 clientes finais em todo o mundo. A tecnologia da Ruckus responde aos desafios de cobertura e capacidade de Wi-Fi resultantes do volume cada vez maior de tráfego nas redes sem fio devido à crescente adoção de dispositivos móveis como smartphones e tablets. A Ruckus inventou e patenteou produtos sem fio inovadores e com tecnologia de ponta para voz, vídeo e dados, como antenas adaptativas que ampliam o alcance do sinal, aumentam as taxas de dados dos clientes e evitam interferências, garantindo a distribuição uniforme e confiável de conteúdo de multimídia sensível a atrasos e serviços no padrão Wi-Fi 802,11. Para obter mais informações, acesse http://www.ruckuswireless.com.

BeamFlex, Ruckus, Ruckus Wireless, e ZoneFlex são marcas registradas da Ruckus Wireless, Inc. nos Estados Unidos e em outros países. Todos os outros nomes de produtos ou empresas podem ser marcas comerciais dos seus respectivos donos.